9.12.05

Renato Russo


"Ah! Ok! Agora... a gente vai tocar uma musica... que foi feita no banheiro! Porque no banheiro que a gente coloca duas das funções vitais do ser humano. Eu não me envergonho de cagar, eu não me envergonho de mijar, porque eu não me incomodo de comer, não tenho problema em dormir e também não tenho medo de sonhar. Eu não tenho vergonha do que faço no banheiro minha gente, okeeey? E essa musica é dedicada a todas as pessoas que acha que barata é mais importante que a pessoa que a gente ama, okeeey? Eu não disse nada disso heim..."
Ai está um dos motivos de não gostar do Renato Russo. Esse discurso maravilhoso foi antes de Pais e Filhos. Porra! Pais e Filhos? Uma musica perfeita e o cara associa a coco, cagar, xixi. E eu não entendi a parte do "Eu não me envergonho de cagar, eu não me envergonho de mijar, porque eu não me incomodo de comer, não tenho problema em dormir e também não tenho medo de sonhar". O que cagar, mijar, comer tem haver com sonhar? Absolutamente nada! E as pessoas aplaudem seu grande idolo! Aplaudiram depois de "foi feita no banheiro", "envergonho de cagar, eu não me envergonho de mijar", "e também não tenho medo de sonhar", "Eu não tenho vergonha do que faço no banheiro minha gente, okeeey", "é dedicada a todas as pessoas que acha que barata é mais importante que a pessoa que a gente ama, okeeey". A quantidade aplausos num periodo menor que 1 minuto. Se fosse qualquer outra pessoa, todos chamariam de idiota e crianção por falar sobre coco. Se eu falasse sobre isso com meus amigos, seria algo que ficaria marcado e motivo de gozação por tempo indeterminado.
Só deixando um parenteses... Eu não gosto do Renato Russo como pessoa, mas como "poeta" e cantor ele é excelente. Isso eu provo, já que tenho todos os Cds do Legião Urbana. Na minha opinião ele era uma pessoa triste que queria deixar seus fãs tão tristes quanto ele. Achava que sendo gay todos estavam contra ele. Deixo aqui registrado que gosto de Legião Urbana e não gosto do Renato Russo como pessoa.

Esse discurso foi tirado do CD 1 do album As Quatro Estações - Ao Vivo. Entre a faixa 5 e 6.

12 Comments:

Anonymous Felipe said...

Estava procurando essa frase pronta na web pois a conheco e tava com preguiça de digitar daí numa busca encontrei vc aqui, enfim, como ninguem comentou esse post eu não sei mas eu estou aqui então...
bom de fato acredito que tanto o seu não gostar quanto o gostar de muita gente seja tão verdadeiro afinal, se você não entendeu o que ele estava dizendo com isso você de verdade não o conheçe como pessoa que fez as letras até pq conhecer a pessoa pessoa dele mesmo nós não conhecemos, portanto não há lógica em gostar ou desgostar nesse sentido. afirmo então que se para esse desgostar todo deve haver motivos apenas seus,, seja no desencontro com a verdade da palavra ou poesia que ele era ou representava, mas de certo você não entendia nada sobre ele mesmo. agora ele não era triste, ele estava triste pelos motivos quais, toda pessoa que olhar pra realidade da vida que é o dragão capital mais os milhares de pobres, miseraveis. A vida falsa em que vivemos, a verdade que está o avesso... enfim, só se gosta ou desgosta conhecendo. portanto ou seu conhecer é falso ou o ser gostar/desgostar...
ressalto que ele retratava a realidade, então se isso fizer vc triste a culpa não é dele...
valeu pela frase copiei já...

9:55 AM  
Anonymous Anônimo said...

Cara, acho que você não entendeu a parte do banheiro porque não soube da polêmica da época. Um roqueiro que não me lembro agora, não sei bem se foi o roger do ultraje a rigor, foi quem falou que a música pais e filhos parecia que tinha sido feita num banheiro. Foi por isso que Renato Russo deu essa declaração, dizendo que não se envergonhava de nada disso. E tanto isso é verdade que Renato Russo, logo em seguida, falou algo sobre "gente que acha que barata é mais importante que a pessoa que a gente ama", se referindo a uma música sobre uma barata, se eu não me engano é aquela "kafka". Bom espero ter ajudado a entender um pouco.

Abraços

10:22 AM  
Blogger Patolador de Imagens said...

O Renato era um poeta fora do comum, e não há como não gostar da pessoa dele gostando de sua poesia, pois ele ERA sua poesia, ele vivenciava tudo que cantava e mostrava a realidade sem medo do resultado.
Se você reparar bem, quando ele diz que não se envergonha de cagar, de mijar, e de sonhar, ele está fazendo uma COMPARAÇÃO entre estas ações (cagar, mijar, sonhar). O que se pode entender é que ele diz que, naqueles tempos, e talvez nos tempos de hoje, sonhar era tão vergonhoso e surreal quanto cagar, e mijar, pois ninguém assumia aquilo, ou levava a sério.

Nem todos são obrigados a gostar do Renato Russo, mas antes de dizer que não gosta dele, o conheça primeiro. E mais, entenda suas palavras. Você, que diz gostar da poesia dele, deveria entender a poesia de suas palavras mesmo fora da música e do papel.

1:21 PM  
Blogger alex said...

cara quem sabe de tudo não fala,e quem não sabe de nada se cala, valeuu

1:58 AM  
Anonymous Anônimo said...

vai ser burro! dá zero pra ele.

9:43 PM  
Anonymous Anônimo said...

Renato eterno!

9:44 PM  
Blogger Karoline Moreno said...

Eduardo, certo?

Renato fez esse discurso por um motivo específico.

Em meados de 1990, o vocalista da inexpressiva banda Inimigos do Rei declarou que a música 'Uma barata chamada Kafka' tinha a mesma importância de Pais e Filhos da Legião e que o que ele, vocalista do Inimigos do Rei, fazia no banheiro era o que a Legião fazia no palco.

Renato, usando de seu sarcasmo e genialidade habituais, não respondeu isso para jornalistas, mas sim em um show e fez desse momento a melhor resposta possível.

A plateia aplaude e ovaciona porque já sabia das declarações do inexpressivo inimigo do rei.

Obviamente, minha intenção aqui não é fazê-lo gostar de Renato, mas esse motivo para não gostar, você pode retirar da sua lista.

Abraço,

Karoline

2:11 PM  
Blogger Robson Santos said...

Você é burro cara, vc n entendi nada

11:07 AM  
Blogger David Nascimento said...

Este comentário foi removido pelo autor.

4:58 PM  
Blogger luciana said...

No banheiro tb pensamos e refletimos, podemos até fazer poesia e música sim!!! É uma função vital q indica q estamos vivos e saudáveis

7:52 PM  
Blogger luciana said...

Eu amo essa declaração sempre q ouço o cd ao vivo! Obrigada por contar esse fato q eu desconhecia ou não lembrava! Amei ainda mais

7:54 PM  
Blogger luciana said...

Nunca me sinto triste ouvindo Legião!!!!

7:57 PM  

Postar um comentário

<< Home